Sobre o blog



O Contorno da Sombra tem seu nome inspirado em um trecho da obra de Virginia M. Axline, intitulada "Dibs - Em Busca de Si Mesmo", a seguir transcrito:

Talvez haja mais compreensão e beleza na vida quando os raios ofuscantes do sol foram suavizados pelos contornos da sombra. Talvez haja raízes mais profundas numa amizade que sofreu tempestades e as venceu. A experiência que nunca desaponta ou entristece, que nunca toca nos sentimentos é uma vivência neutra com pequenos desafios e variações de cor. Quando sentimos confiança, fé e esperança de que podemos concretizar nossos objetivos, isto constrói dentro de nós um manancial de força, coragem e segurança.

Somos personalidades que crescemos e nos desenvolvemos como o resultado de todas as nossas experiências, relacionamentos, pensamentos e emoções. Somos uma totalidade que, fazendo-se, faz a própria vida.”

(Virginia M. Axline, em "Dibs: Em Busca de Si Mesmo", Ed. Agir, pág. 283)



Em seu livro "Auto Engano", Eduardo Gianetti da Fonseca também faz uma análise interessante sobre a(s) sombra(s), que tem muito a ver com a proposta deste blog:

“Ao caminhar sob a sombra da distância que ele próprio alimenta e que o afasta de si, o animal humano se descobre diminuído e aterrado por sua própria sombra; um ser estranhamente eivado de contradições: central mas insignificante, essencial mas fortuito, necessário mas contingente, exaltado mas desolado.”


O propósito deste blog, portanto, é discutir temas relativos à vida, à sociedade e ao cristianismo de uma maneira abrangente, explorando os tênues limites do contorno da sombra, que tanto serve para aliviar o calor escaldante como proteger da luz excessiva que muitos imaginam ter em si próprios, ou a atribuem a pessoas, crenças e/ou objetos a quem se devotam. 

Logo, não pretendemos ser os donos da verdade, e buscamos a pluralidade de ideias e opiniões, ainda que deixemos bem clara a nossa visão de mundo, que é cristocêntrica dentro do que é possível na nossa conformação/contemplação imperfeita. 

Sem querer fugir dos temas e notícias mais comentados, procuramos sempre mostrar diferentes maneiras de se analisá-los, ou ainda novas abordagens por outros ângulos, espectros e ideologias, fornecendo elementos para que o leitor possa formar a sua opinião da melhor maneira possível. 

Não tememos o debate respeitoso de ideias e cosmovisões.

Desta maneira, você verá aqui não só o conteúdo que produzimos, mas também notícias, comentários e obras de outros autores, não só religiosos nem necessariamente cristãos, que julgamos relevantes para enriquecer o debate e levar ao conhecimento de um público maior. 

Por isso, não se surpreenda se ver publicado aqui um artigo ou uma opinião que não se coadunam com aquilo que você imagina que seja a nossa forma de pensar. 

Só endossamos os artigos que assinamos. Os demais, que citamos, não significam necessariamente que com eles concordamos.

Como cristãos, nos filiamos ao ramo reformado (protestante) da Igreja, mas estamos abertos ao diálogo respeitoso e solidário com todas as demais vertentes cristãs, bem como outras religiões e mesmo quem as renegue ou lhes seja indiferente.



Desta maneira, sem abdicar de nossas opiniões (muitas vezes) firmes, buscamos construir aqui um espaço que valoriza e promove o aprendizado e o exercício constante de liberdade de expressão, respeito, convivência democrática e tolerância, e agradecemos a todos que nos dão o prazer de sua visita e os convidamos a interagir conosco. 

Seja bem-vindo ao nosso blog!


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails