segunda-feira, 5 de maio de 2008

Grandes filmes - 3

"A Festa de Babette" ("Babettes gæstebud") é um filme dinamarquês de 1987, dirigido por Gabriel Axel, que alcançou reconhecimento internacional, ganhando prêmios em todos os festivais importantes, inclusive o Oscar de melhor filme estrangeiro. Na época, eu não assisti. Só depois de ler o livro "Maravilhosa Graça", de Philip Yancey, em que ele dedica todo o primeiro capítulo ao filme, é que eu fui conferi-lo. Conta a história de uma mulher francesa, Babette, que perde tudo na guerra civil francesa (inclusive a família) e vai parar numa aldeia à beira-mar na Dinamarca, onde é recebida por duas irmãs já idosas, filhas de um pastor que havia fundado uma espécie de seita luterana, e o tempo havia passado e a aldeia estava reduzida a alguns velhinhos que ainda viviam das lembranças do finado reverendo (e dos intragáveis arenques secados ao sol). Babette se refugia com as duas irmãs e trabalha para elas como empregada doméstica em troca do abrigo, sem nada reclamar. Após 14 anos ali, ela recebe a notícia de que ganhara um prêmio na loteria francesa, mediante um bilhete que seu sobrinho renovava anualmente, e, como o mundo que lhe restara (e no qual ela se sentia feliz) era o da pequena aldeia, resolveu gastar os 10.000 francos num jantar francês que quebra a ditadura do arenque e a monotonia dos sabores e das vidas do lugar, inclusive com a visita do General Loewenhielm, que no passado havia cortejado uma das irmãs, mas preferira seguir outro caminho. O jantar (a festa) que Babette lhes prepara - também para comemorar o centenário do nascimento do pastor - é um evento libertador, não só dos gostos e aromas, mas também dos sonhos reprimidos por tanto tempo, e o discurso do General sobre a graça de Deus é um dos momentos mais belos da história do cinema. Uma verdadeira pregação sobre a graça de Deus e sobre a simplicidade e beleza da vida. O filme foi baseado no conto de mesmo nome escrito por Karen Blixen (editado no Brasil em 2006 na coletânia "Anedotas do Destino", pela Cosac Naify), e o discurso do general merece ser registrado como a autora originalmente o escreveu:

A misericórdia e a verdade, meus amigos, encontraram uma à outra. A retidão e a bem-aventurança devem beijar uma à outra. O homem, meus amigos, é frágil e tolo. A todos já nos foi dito que a graça divina encontra-se por todo o universo. Mas em nossa tolice e miopia humanas, imaginamos ser a graça finita. Por esse motivo, trememos. Trememos antes de fazer nossas escolhas na vida e após tê-las feito trememos de medo de ter escolhido errado. Mas eis que chega o momento em que nossos olhos estão abertos e vemos e percebemos que a graça é infinita. A graça, meus amigos, não exige nada de nós senão que a aguardemos com confiança e a reconheçamos com gratidão. A graça, irmãos, não impõe condições e não escolhe nenhum de nós em particular; a graça nos toma a todos em seu seio e proclama anistia geral. Vejam! Aquilo que escolhemos nos é dado e aquilo que recusamos nos é igualmente, e ao mesmo tempo, concedido. Sim, que o que rejeitamos seja copiosamente vertido sobre nós. Pois que a misericórdia e a verdade encontraram uma à outra e a retidão e a bem-aventurança beijaram uma à outra!

Enfim, um grande filme que merece ser visto e revisto por almas cansadas do burburinho do dia-a-dia e das escolhas que fez ou não fez. Pouco antes de ir ao banquete e deliciar-se (e maravilhar-se) com o jantar que lhe foi servido, o general, cansado da vida, dissera-se a si mesmo, como Salomão: "Vaidade de vaidades, tudo é vaidade!". Agora, deparando com os sabores da vida, seu mundo e sua percepção de si mesmo haviam mudado para sempre.

2 comentários:

  1. Gustavo e Hélio,

    Assisti uma vez o filme A festa de Babette. E fiquei encantado. Desde então tenho procurado uma cópia para mim, sem sucesso. Sabe se é possível encontrá-lo em DVD?

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  2. Caro Clóvis,

    Sim, é possível encontrá-lo em DVD. No Walmart hoje está saindo por R$ 38,00 até 3x e no Submarino por R$ 35,91 até 7x sem juros.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar O Contorno da Sombra!
A sua opinião é bem-vinda. Comentários anônimos serão aprovados desde que não apelem para palavras chulas ou calúnias contra quem quer que seja.
Se você ainda não fez isso, sugerimos que você se cadastre no IntenseDebate (http://intensedebate.com/), que é a melhor plataforma para opinar em blogs, fóruns e sites.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails