terça-feira, 29 de agosto de 2017

Joel Osteen criticado por não abrir mega-igreja a refugiados do furacão Harvey

Parece que não há espaço para gente necessitada na Lakewood Church

Como você já deve estar sabendo, o furacão Harvey provocou uma crise humanitária sem precedentes na rica região de Houston, no Texas, com fortes inundações que parecem ter afundado (temporariamente) a cidade no Golfo do México.

No meio do caos que se instalou em Houston, cerca de 30 mil pessoas perderam quase tudo, inclusive suas casas, e estão sendo abrigadas nas poucas instalações públicas que escaparam às enchentes.

É aí que entra a igreja capitaneada por Joel Osteen, a Lakewood Church, que possui um templo com capacidade para receber 17 mil pessoas sentadas e - em tese - com uma ótima infra-estrutura para atender milhares de refugiados.

O problema é que não dá pra contar com Joel Osteen, o pastor que tem um sorriso de propaganda de dentifrício e uma pregação soft e pasteurizada direcionada a celebridades como Oprah Winfrey, que sempre o recebe em seus programas televisivos.

Você não precisa ir aos EUA para assistir uma pregação de Osteen, basta acessar o youtube para ver vários vídeos, nos quais ele apresenta um discurso muito bem ensaiado com sorrisos brilhantes e jogos de cena e movimentos de câmera perfeitos, mas com profundidade zero.

Nada disso foi suficiente, entretanto, para que Osteen abrisse seu megatemplo para receber os refugiados do furacão Harvey.

Pelo contrário, o megapastor está sendo criticado por, supostamente, sua igreja ter mentido ao dizer que o templo não podia receber ninguém porque estava inundado, quando - na verdade - não havia enchente alguma por lá.

Assim que a desculpa da igreja foi divulgada, dezenas de testemunhos contrários começaram a "pipocar" nas redes sociais, mostrando, inclusive com fotos e vídeos, que não havia qualquer sinal de inundação no templo e nos seus arredores.

Talvez, a exemplo de seus colegas brasileiros, os "evangélicos" americanos não gostem de ajudar gente pobre e necessitada, além de - ultimamente - sentirem seus corações vibrando em paradas nazistas e ouvindo candidatos fascistas à Presidência de seus respectivos países, não é mesmo?

De qualquer maneira, aguarda-se um pronunciamento de Joel Osteen para as próximas horas.

A fonte das informações aqui postadas é o Revere Press.

Um dos melhores empregos dos EUA deve ser o do dentista de Joel Osteen.



2 comentários:

  1. Olá, boa noite. Cuidado para não difamar os cristãos. Não julgue o coração de todos pelas atitudes de alguns. Você gostaria de ser tratado assim?? Apesar da sua mídia ser de gosto duvidoso, seja honesto com as pessoas. A bíblia diz que não devemos tocar trombeta diante das boas ações que fazemos. Então ao invés de julgar os cristãos, conviva, pesquise, investigue, faça o seu papel de imprensa ética, que assim você cresce mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu comentário.

      Informo que aqui ninguém está "difamando" ninguém. Estamos comentando e apontando fatos específicos. Se você quiser nos criticar, fique à vontade para fazê-lo, mas aponte onde erramos segundo o seu ponto de vista, ok. Abraços!

      Excluir

Obrigado por visitar O Contorno da Sombra!
A sua opinião é bem-vinda. Comentários anônimos serão aprovados desde que não apelem para palavras chulas ou calúnias contra quem quer que seja.
Se você ainda não fez isso, sugerimos que você se cadastre no IntenseDebate (http://intensedebate.com/), que é a melhor plataforma para opinar em blogs, fóruns e sites.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails