quinta-feira, 17 de março de 2011

Pastorzada que pirateou site do Serra agora dá cursos de gandula e carnavalesco

De repente, assim do nada, apareceu um fluxo intenso de acessos a um texto postado no blog há quase um ano, "Pastorzada pirateia site do Serra", e eu fui verificar o que estava acontecendo. Encontrei a seguinte notícia no UOL:

Suposta faculdade de MG cobra R$ 380 e oferece curso de formação de cambistas

Apesar de ser uma atividade condenável, o ato dos cambistas virou objeto até de aulas no “ensino superior”. A Faculdade Internacional dos Cursos Livres, situada em Ituiutaba, em Minas Gerais, oferece o “curso de cambista”. Para se formar, o interessado terá de superar cinco módulos e aprender alguns pontos curiosos, como “comprar ingressos a um preço x e depois vender a um preço x + y (sic)”.

Para conhecer um pouco mais sobre a instituição, o UOL Esporte se passou por um cliente interessado no “curso de cambista” e telefonou para a Faculdade Internacional dos Cursos Livres. Do outro lado da linha, uma atendente, chamada Ana Claudia, deu detalhes e, questionada diversas vezes, negou que o curso incentive práticas ilegais ou de má-fé.

“O cambista é aquele que, em uma linguagem popular, é um bilheteiro. Ele é capacitado para trabalhar em bilheterias em geral. Por isso não existe nada ilegal no nosso curso”, explicou a funcionária da instituição de ensino.

Mesmo com a explicação, alguns pontos expostos na própria página da faculdade denunciam o contrário. Alguns tópicos explicam que “Como qualquer empresário o Cambista é um Oportunista (sic)”, “Cambista é uma Profissão que é Criada pela Mão-invisível (sic)”, “É estranho imaginar que a bilheteria Não ocupe o papel do cambista (sic)”, entre outros.

Embora esteja, teoricamente, em Minas Gerais, a instituição oferece cursos à distância. Dessa forma, para ter a oportunidade de se aprofundar nesta atividade, o interessado pagará R$ 380 e receberá pelo correio, segundo a atendente da faculdade, vídeos, apostilas e uma prova para ser respondida. Como brinde, o aspirante a cambista também terá uma carteirinha de estudante.

O certificado de conclusão do curso, segundo a instituição, será entregue apenas se o estudante acertar 15 das 25 perguntas do teste, independentemente do tempo que o interessado levar para responder.

“O único tempo estipulado é a carga de 280 horas. A média de distribuição vai do ritmo de cada um”, completou a atendente da Faculdade Internacional dos Cursos Livres, que não tem qualquer vínculo com o MEC, o Capes ou CNE, fato que não dá qualquer tipo de validade aos certificados e diplomas emitidos pela instituição.

(segue a grade curricular do curso de cambista)

Ambas as notícias tinham em comum o fato de estarem relacionadas com a bela cidade de Ituiutaba (MG). Fui verificar mais a fundo e vi que havia outras "coincidências". O "reitor" da tal Faculdade Internacional de Cursos Livres se chama Omar Silva da Costa, e se você reparar bem, o nome que aparece nas carteirinhas e diplomas da Faculdade Livre é o de seu filho, Magnus Carlo de Oliveira Costa. Como o site não deve ficar muito tempo no ar, segue abaixo o print da tela (clique na imagem para aumentá-la):



Ah! Tem um curso que ficaria realmente mais apropriado para o Magnus Carlo, o de Carnavalesco:



Na notícia do ano passado, além de terem pirateado o site do então pré-candidato à Presidência da República, José Serra, mediante o uso de um tal "pastor" José Serra, as pessoas em questão utilizavam o site para promover "cruzadas evangelísticas" no Triângulo Mineiro e - por incrível que pareça - também estavam ligados a outro site que oferecia curso para padre. Havia ainda a possibilidade do internauta - que se interessasse - conseguir um Prêmio Nobel. Magnus Carlo se apresenta como "empresário" e "cristão" no seu perfil do Blogger, e o último texto do seu blog é sobre "os três tipos de pessoa na Bíblia que existem". É uma pena que o Magnus Carlo não tenha lido o texto que ele próprio - supostamente - escreveu: "Por que eu não devo pecar? Veja algumas razões". Na nova iniciativa dos brilhantes empreendedores de Ituiutaba, eles oferecem milhares de cursos, além daquele de Major da Aeronáutica exposto no print acima. Pela módica quantia de R$ 300,00 você pode fazer um curso de gandula, por exemplo, onde você desvendará no Módulo IV da grade curricular os seguintes mistérios impenetráveis da nobre função:

17 - Corre atrás para devolver a bola
18 - Sua atitude ganha a simpatia da torcida
19 - Busca tanto as bolas do seu time quanto as do adversário
20 - Designa e repõe as bolas

Já pensou viver uma vida inteira sem saber disso? Já pensou o time visitante ter que buscar a bola no meio da torcida local porque o gandula não estava preparado para o cargo? A lista de cursos que eles oferecem parece interminável. Tem o Curso de Rapadura, Melado e Açúcar Mascavo; de Criação Comercial de Surubim; Recarga de Munições; Cultivo e Processamento de Mamona; Fundidor de Placa de Gesso; o de de Eletricista Enrolador de Bijuterias, etc. etc. Se bem que parece que não é só o eletricista que tá enrolando, né... Ah! Tem o curso de "Aprenda Rápido" também.

O inacreditável é que, se esses caras continuam livres no mercado, imagine a quantidade de gente que paga por esses cursos em que eles avisam, em letras miúdas, que "O Livro com Curso Livre não depende e, não tem registro ou autorização do MEC/CAPES ou CEE, são para fins culturais, conhecimentos e curriculares, para livres pensadores". Fico tentando imaginar que tipo de "livre pensador" é esse...

Uma coisa deve contar ponto a favor dos "educadores" de Ituiutaba: eles são criativos pra caramba!

Um comentário:

Obrigado por visitar O Contorno da Sombra!
A sua opinião é bem-vinda. Comentários anônimos serão aprovados desde que não apelem para palavras chulas ou calúnias contra quem quer que seja.
Se você ainda não fez isso, sugerimos que você se cadastre no IntenseDebate (http://intensedebate.com/), que é a melhor plataforma para opinar em blogs, fóruns e sites.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails