segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Líder ateísta britânica foge de debate com William L. Craig

Polly Toynbee, presidente da Associação Humanista Britânica (British Humanist Association - BHA) desistiu de participar de um debate sobre a existência de Deus, com o conhecido filósofo e apologeta cristão William Lane Craig, que seria realizado no próximo mês de outubro, no Westminster Central Hall, em Londres, sob os auspícios da Premier Christian Radio. Polly Toynbee é muito conhecida por suas críticas reiteradas ao cristianismo, além da coluna que escreve no jornal britânico The Guardian, e - no último mês de abril - havia concordado em debater com William L. Craig, dentro do circuito de discussões agendadas para o The Reasonable Faith Tour do apologeta. A desculpa que Polly deu para desistir do evento foi que "não tinha conhecimento do estilo de debate do Sr. Lane Craig, e a partir do momento que viu seus debates anteriores, percebeu que este não era o mesmo estilo de debate dela". A estranha alegação foi dada na semana passada e causou espécie, já que o mínimo que se espera dos líderes ateístas proeminentes é que eles tenham, pelo menos, "estudado" - um pouco que seja - os adversários, a não ser que a arrogância os impeça de descer a esses detalhes comezinhos tão caros à retórica e à argumentação. Afinal, bastava um telefonema simpático a um ou outro colega ateu para se informar sobre o que a esperava. É que William L. Craig tem debatido com expoentes ateus muito mais conhecidos do que a Sra. Toynbee. Ele é professor e pesquisador de Filosofia na Talbot School of Theology, na California (EUA), e seus debates estão disponíveis no youtube. Entre os seus oponentes estão ateus do porte de Anthony Flew, Lewis Wolpert, Christopher Hitchens, e mais recentemente Sam Harris, que deu um ótimo testemunho a respeito de Craig, descrevendo-o como "o único apologista cristão que colocou o temor de Deus em muitos dos meus companheiros ateus". Logo após o debate com outro titã do neoateísmo, Christopher Hitchens, em abril de 2009, também ficou bastante conhecida a declaração do site ateu Common Sense Atheism, que reconheceu que Craig “spanked Hitchens like a foolish child” ("espancou Hitchens como se fosse uma criança tola"). A vergonha só não é maior para Polly Toynbee, entretanto, pois ela está na doce companhia ateia de Richard Dawkins, seu vice-presidente na BHA, que também se recusa a debater com William L. Craig apelando para os seus conhecidos insultos que a nada levam, senão a uma convicção crescente de que seu discurso só funciona na base da ofensa gratuita. Debate parece não ser o forte da diretoria da BHA, já que o outro vice-presidente, A. C. Grayling, autor da "bíblia humanista" intitulada "The Good Book", também bate o pé e se recusa terminantemente a debater com Craig. Talvez o "não" de Polly tenha sido parido num cafezinho nos corredores da BHA. Curioso: se eles dizem que a razão está do lado deles, do que eles têm medo afinal? Vai ver não querem sair mal na foto. A recusa de Dawkins em debater com Craig foi descrita como "apta a ser interpretada como covardia" por Dr. Daniel Came, professor ateu de Filosofia na Universidade de Oxford, que acrescentou que isto é uma "clara omissão" no curriculum do fujão Dawkins. Um debate com regras claras de argumentação não parece ser a praia dos ateus, a não ser que possam jogar areia na cara do oponente. Talvez este seja o caso de muitos deles, magoados com a religião (por motivos muitas vezes compreensíveis e razoáveis), que migram para o neoateísmo apenas para descarregar suas frustrações na verborragia inconsequente, sem pausa para pensar. Justo eles que se dizem livres-pensadores...

Fonte: bethinking

3 comentários:

  1. Um bom passatempo é assistir aos debates do William L. Craig dispostos no YouTube.

    É de dar dó como os ateus, "cheios de razão", perdem a linha quando debate com esse expoente cristão.

    Alguns falam cada bobagem, literalmente.

    Permita-me colocar um link de postagem em meu blog a respeito de um dos debates do Dr. Craig.

    http://doutrinacristaccb.blogspot.com/2011/07/bomba-ateu-expoe-o-melhor-argumento.html

    ResponderExcluir
  2. Na verdade existe uma influencia do deus desse século, o diabo, que está cegando os entendimentos dos incrédulos e alienando as mentes deles para que eles tenham a esperança de que se declarar ateu é uma forma de se tornar bem sucedido. É menos impactante em uma sociedade teista se declarar ateu que satanista!

    Isso é uma influencia de satanás que mostra que o ateismo massificado é um dos sinais do fim dos tempos, cumprindo o que a Palavra de Deus deixa claro no livro de Daniel capitulos 8 e 11!

    ResponderExcluir
  3. Na verdade existe uma influencia do deus desse século, o diabo, que está cegando os entendimentos dos incrédulos e alienando as mentes deles para que eles tenham a esperança de que se declarar ateu é uma forma de se tornar bem sucedido. É menos impactante em uma sociedade teista se declarar ateu que satanista!

    Isso é uma influencia de satanás que mostra que o ateismo massificado é um dos sinais do fim dos tempos, cumprindo o que a Palavra de Deus deixa claro no livro de Daniel capitulos 8 e 11!

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar O Contorno da Sombra!
A sua opinião é bem-vinda. Comentários anônimos serão aprovados desde que não apelem para palavras chulas ou calúnias contra quem quer que seja.
Se você ainda não fez isso, sugerimos que você se cadastre no IntenseDebate (http://intensedebate.com/), que é a melhor plataforma para opinar em blogs, fóruns e sites.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails