quinta-feira, 20 de outubro de 2011

O dia em que ex nihilo virou ex nilo



Ex nihilo é uma expressão latina que significa "do nada", no sentido sobretudo teológico de que o mundo foi criado por Deus ex nihilo, ou seja, a partir "do nada" (creatio ex nihilo).

O contrário seria creatio ex materia, ou seja, que o mundo foi criado a partir de uma matéria pré-existente. 

Ex nihilo não se restringe ao campo teológico, entretanto. É utilizado também na filosofia, como na expressão latina ex nihilo nihil fit, frase comumente atribuída ao filósofo grego Parmênides, e que significa que "do nada nada se faz" ou "o nada não vem do nada", com o perdão da confusão que o duplo negativo causa na nossa bela e inculta língua portuguesa. 

A rigor, trata-se do princípio da causalidade, ou seja, deve existir sempre uma causa pré-existente para que o efeito visível e materialmente constatável seja observado. 

Obviamente, este argumento filosófico tem uma repercussão teológica fundamental, pois se o universo não surgiu do nada, então deve haver um Criador, o que já dá pano pra muita manga.

O problema é que apareceu um 'pastor' em Arapongas (PR) que deve ter ouvido ex nihilo em algum lugar, achou bonito e resolveu usar a expressão para parecer sábio aos próprios olhos e aos de sua congregação, só que na hora em que recebia um banho de 12 litros de óleo (supostamente uma "unção") ele se esqueceu de como é que se falava e soltou alguns ex nilo

A não ser que ele continue escravo besuntado do outro lado do rio Nilo e ainda não encontrou a Terra Prometida. 

Como a este povo já não basta mais a única e verdadeira unção de Cristo (1ª João 2:20-27), eles têm que inventar essas coisas esdrúxulas, tudo embalado a uma verdadeira (e antiga) "terapia do grito primal", com alguns toques de línguas estranhas (o famoso ralanabashuria). 

Que bom seria se eles aproveitassem de outra maneira o tempo que gastam imaginando novos modismos para "impactar" e "lubrificar" sua gente com malabarismos novidadeiros: lendo a Bíblia, por exemplo. 

No caso em questão, podiam também contextualizar um pouco mais: como Arapongas (PR) é uma bela e progressista cidade cheia de indústrias de móveis, não deve faltar óleo de peroba por lá (#ficadica). 

Confira o vídeo abaixo e se exaspere com mais esse espetáculo grotesco de crendice cóspel da pior qualidade:



Dica dos blogs Web Evangelista, Bereianos e Pensamento Quase Livre, com base em informação do Rev. Rodrigo G. da Silva



2 comentários:

  1. O QUE DIZER?????????????
    APENAS LAMENTAR;;;;;;
    ISTO É A FALENCIA ESPIRITUAL DE ALGUMAS SEITAS;;
    DANTESCOOOOOOOOOO;;;

    ResponderExcluir
  2. dava pra fritar ele inteiro...kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar O Contorno da Sombra!
A sua opinião é bem-vinda. Comentários anônimos serão aprovados desde que não apelem para palavras chulas ou calúnias contra quem quer que seja.
Se você ainda não fez isso, sugerimos que você se cadastre no IntenseDebate (http://intensedebate.com/), que é a melhor plataforma para opinar em blogs, fóruns e sites.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails